SOL é selecionado para a Bienal Iberoamericana de Design

App SOL Out 26, 2020

A cada dois anos a Asociación Diseñadores de Madrid, em parceria com a  Fundación Diseño Madrid, organiza uma mostra que reúne trabalhos de diversas categorias de design produzidos na América Latina, Portugal e Espanha. A Bienal Iberoamericana de Diseño (BID) acontece desde 2008 e está em sua sétima edição. Neste ano, a bienal contará com a participação de 27 projetos brasileiros de design – e o aplicativo SOL (Solução Online de Licitação) está entre os selecionados! O evento acontecerá de maneira online e presencial entre os dias 23 e 27 de novembro de 2020.

Navegue pelo conteúdo:

1. Sobre a Bienal

A BID é um dos eventos mais importantes do design mundial e mostra o que há de melhor na produção contemporânea dos países participantes. Há uma convocatória para inscrições e, após passar por um júri técnico internacional, os projetos que mais se destacaram são selecionados e concorrem à premiação final da BID.

Na edição de 2020, 420 projetos foram selecionados para compor o evento. O Brasil conta com 27 trabalhos representantes, selecionados nas categorias de Design industrial/de produto; Design gráfico e comunicação visual; Design digital; Design de espaços e interiores; Design de moda, têxtil e acessórios e Design interdisciplinar/transversal. O SOL está entre os selecionados na categoria de Design interdisciplinar/transversal!

2. O que é o SOL?

O SOL é um aplicativo que possibilita a realização de licitações para a compra e/ou contratação de bens, serviços e obras. Criado pelos governos da Bahia e Rio Grande do Norte, com financiamento do Banco Mundial e desenvolvimento da  Caiena, o SOL permite que fornecedores de todo o país enviem suas propostas e acompanhem o resultado das licitações criadas pelas associações da agricultura familiar.

A tecnologia blockchain garante a transparência e confiabilidade do processo, visto que os dados registrados no sistema não são passíveis de alteração. Além disso, o SOL possui o código aberto, ou seja, outros estados e/ou instituições também podem utilizá-lo.

                             Leia também: SOL – Solução Online de Licitação

3. Metodologias, UX e UI

Algumas metodologias foram centrais no desenvolvimento do SOL e guiaram todo o seu processo, sendo elas:

Design centrado no humano

O design centrado no humano garante que as partes interessadas no projeto sejam a principal fonte de informação. Sua participação é fundamental nas etapas de pesquisa e de testes de melhorias.

Desenvolvimento ágil

O desenvolvimento ágil auxilia no cronograma de planejamento e execução do projeto, a partir de reuniões frequentes para manter o alinhamento e o aperfeiçoamento da ferramenta.

Test Driven Development (TDD)

O TDD diz respeito aos testes feitos com os códigos que compõem o software antes de implementá-lo como sistema. O método foi escolhido por conta da facilidade de manutenção do mesmo ao longo dos ciclos de desenvolvimento.

Oficinas de design

Além disso, durante o processo de criação foram realizadas diversas oficinas de design, em que os representantes da administração da Bahia e Rio Grande do Norte puderam fazer sugestões nos protótipos da plataforma. Já em fase adiantada de desenvolvimento, foi possível realizar testes de usabilidade para conhecer as impressões, dúvidas e possíveis dificuldades que pudessem surgir durante a interação do usuário com a plataforma.

Interface

Construir uma interface eficiente também foi uma preocupação durante o processo. As atenções se voltaram em criar uma interface capaz de conter todos os termos contratuais das licitações, mas se utilizando de terminologias comuns às transações comerciais já realizadas pelas associações e cooperativas.  

4. O encontro entre tecnologia e gestão pública

O BID tem postado em sua página do Facebook algumas informações sobre os projetos participantes e o SOL já apareceu por lá. Em fevereiro, o SOL foi premiado no if Design Award 2020, na categoria Governos e Instituições. A participação do SOL nessas premiações é significativa, pois, além de representar a iniciativa de atualização de alguns processos de gestão do Estado, poderá inspirar outros governos e instituições a seguirem por esse caminho.


Marta Barbieri

Cientista Social e Assistente de Comunicação na Caiena.

LinkedIn icon Instagram icon Facebook icon Twitter icon
Great! You've successfully subscribed.
Great! Next, complete checkout for full access.
Welcome back! You've successfully signed in.
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.
manage cookies