A primeira edição da formação Ruby Empowers!, um curso de Ruby on Rails gratuito e exclusivo para mulheres, terminou no dia 27 de abril e foi um sucesso! Realizar o curso nos tirou de nossa zona de conforto e, ao final, aprendemos muito sobre a realidade das mulheres desenvolvedoras de Campinas e região e sobre como podemos contribuir para torná-la melhor.

Justamente por se tratar da primeira formação realizada pela Caiena, abrimos apenas cinco vagas – um número seguro para esse momento, quando ainda não tínhamos certeza do tamanho da demanda. Mas todas elas foram preenchidas logo de cara e no dia do encerramento já contávamos com mais de 30 mulheres inscritas! Devido ao tamanho da procura, decidimos aumentar nossa capacidade para dez vagas. E essa foi só a primeira boa surpresa que tivemos com a formação!

As outras vieram com o início do curso, no dia 20 de abril, quando finalmente nos encontramos com as participantes e, principalmente, quando elas se encontraram. O desenvolvimento das meninas nas atividades da formação – que impressionou até mesmo os professores – e a conexão que criaram nos renderam muitos aprendizados.

Entre eles, está a importância de reunir as pessoas em um espaço físico – as conversas que acabam acontecendo durante as atividades e pausas para o café geram conexões e desdobramentos que cursos online ou estudos individuais dificilmente gerariam. Além disso, falar sobre carreira de um jeito claro se mostrou tão importante para ampliar a participação de mulheres nas empresas de tecnologia quanto transmitir o conteúdo técnico.

IMG_4596

O conteúdo de Ruby on Rails

A formação aconteceu em dois dias e contou com muitos conteúdos, todos ministrados pelos professores Lidiane Taquehara e Denis Tierno. Desde o início, a nossa proposta era que as participantes saíssem do curso tendo realizado um projeto e aprendido conceitos essenciais sobre Ruby on Rails para que progredissem na área de tecnologia – e alcançamos nossos objetivos!

IMG_4537

No primeiro dia de curso, a turma aprendeu sobre os itens fundamentais da estrutura Ruby e conceitos orientados a objetos, como os tipos básicos da linguagem, os controladores de fluxo, blocos e classes. Em seguida, a atenção se voltou ao framework Rails! As participantes aprenderam – e foram desafiadas – a criar um projeto utilizando o Rails Installer. Para o processo, passaram por diversos conceitos, como instalação de gems e migrações. E a todo momento a teoria se mesclou à prática! As participantes aplicaram os conhecimentos de Ruby on Rails em seus equipamentos para solidificar os aprendizados e lidar com situações reais de acertos e erros.

No segundo dia de curso, o conteúdo foi retomado com os conceitos de models, views e controllers. Como projeto, as participantes desenvolveram um blog, aprenderam a fazer testes automatizados e a hospedá-lo na nuvem utilizando o Heroku. Após tanto trabalho, era notável o sentimento de orgulho e satisfação que este grupo de mulheres sentiu!

IMG_4643

Carreira em Tecnologia

Nesse mesmo dia, o líder da Área de Pessoas da Caiena, João Gotardo, e o líder da Área de Projetos, David Pedoneze, falaram sobre as possibilidades de carreira na área de tecnologia, sobre as habilidades de desenvolvimento que valorizamos na Caiena e responderam dúvidas e curiosidades sobre processo seletivo, diferentes funções possíveis para desenvolvedores e outros tópicos relacionados.

Rede de troca e apoio

A relação de troca e companheirismo que as meninas estabeleceram logo de cara foi uma das melhores surpresas para nós! O grupo de WhatsApp da formação e todos os momentos de intervalo foram usados para compartilhar experiências profissionais, outros cursos de desenvolvimento e também angústias em relação à falta de ambientes mais convidativos para mulheres na área de tecnologia.

Como as mulheres são, muitas vezes, desencorajadas a seguir carreira nessa área, os ambientes propícios para criação de vínculos, como universidades, escolas e empresas, representam local de isolamento para elas – frequentemente, são a única mulher da turma, e sentem preconceito na forma como os colegas as tratam. Um exemplo concreto desse cenário pode ser visto na Unicamp. Lá, o curso de Engenharia da Computação iniciou o ano letivo de 2019 com 81 homens e 10 mulheres matriculados, segundo dados da COMVEST.

Foi nesse ponto que a formação Ruby Empowers! demonstrou muita potência. Para além do conhecimento em Ruby on Rails transmitido, a formação ajudou essas mulheres a se encontrarem e a perceberem que não estão sozinhas na atividade que amam, na profissão que almejam e nem nas barreiras que encontram por serem mulheres.

IMG_4551

Com essa experiência, descobrimos que não só a demanda por aprendizado era grande, mas também a demanda por conexão, pela criação de uma rede de apoio e de troca para mulheres desenvolvedoras na região de Campinas. Pelas conversas, mensagens e planos que já no curso começaram a traçar, percebemos que os desdobramentos da iniciativa podem reverberar não só na vida das participantes, mas na comunidade em que trabalham e se relacionam.

Acabamos o curso com essa sensação de que a formação foi positiva tanto para as mulheres que participaram quanto para a Caiena. Compartilhar conteúdo é algo que faz parte da nossa cultura e que acontece constantemente em nosso ambiente interno. Com a formação, conseguimos extrapolar os limites da nossa própria equipe e, de forma prática, levar nossos princípios de compartilhamento e colaboração para a comunidade de Campinas!