/ Design

Por quê utilizamos métodos de gestão ágil na Caiena?

A resposta para a pergunta do título se relaciona à construção de uma cultura de confiança e a um processo de trabalho cada vez mais transparente. E o objetivo desse artigo é explicar de que forma essa cultura, a nossa cultura, tem a ver com métodos de gestão ágil como Scrum e Kanban, e o porquê decidimos adotar esses métodos e, mais do que isso, criar a nossa própria metodologia a partir dessas referências.

Em uma resposta rápida, nosso objetivo com a adoção dessas práticas é garantir mais eficiência em nossas entregas e, especialmente, rápida resposta às mudanças. Vale dizer que tanto o Scrum quanto o Kanban são bastante conhecidos no dia a dia das equipes de desenvolvimento de software, no geral. Mas se você estiver lendo esse texto e nunca tiver ouvido falar no assunto, também pode ser uma boa oportunidade para conhecer as características desse tipo de método de gestão.

Independentemente da área, é comum que as empresas idealizem uma maneira para seus colaboradores trabalharem durante um projeto. A equipe segue à risca essa ideia pouco realista e, mesmo quando já há a certeza de que o plano original não serve mais, poucas vezes é feito um novo cálculo de rota. A consequência disso é bem conhecida: ansiedade generalizada, frustração e pouco resultado.

Na Caiena, acreditamos que colaboradores engajados trabalham mais felizes e que a excelência é uma consequência disso. Para engajar as pessoas, é preciso que haja transparência no planejamento e desenvolvimento dos projetos, e organização e comunicação entre a equipe que está à frente da atividade e o cliente, em uma dinâmica de melhoria contínua conectada às mudanças de cenário.

Para garantir o andamento incremental dos projetos, mesmo diante de mudanças de cenários, adotamos dois métodos de gestão ágil: o Scrum e o Kanban. Na maior parte dos projetos, os métodos são aplicados de forma adaptada à realidade do cliente e do contexto, mantendo-se o essencial: agilidade no planejamento, melhoria contínua e a entrega de valor para as pessoas envolvidas e impactadas.

Em um cenário conduzido por essas práticas, as pessoas e as interações são mais importantes do que seguir processos engessados. Por essa razão, valorizamos a experimentação por meio de técnicas de prototipagem, que permitem às pessoas envolvidas visualizar o resultado final do produto antes mesmo do desenvolvimento acontecer. Isso diminui o impacto dos imprevistos e define de forma clara o que deve ser entregue.

É por tudo isso que utilizamos metodologias ágeis em nossos projetos. Pois essas são as ferramentas que possibilitam a consolidação de um modelo mental que permite nossa entrega ágil, eficaz e conectada às mudanças, garantindo nossa excelência em tecnologia e design para gerar transformações positivas.

Quer entender mais um pouco sobre as diretrizes dessas metodologias? Então a gente recomenda a leitura do Manifesto Ágil, um conjunto de ideias que, se devidamente agrupadas em um método, levam equipes de trabalho a alcançarem ganhos significativos em produtividade, inovação, comunicação e maior impacto em suas ações.

Thaís Jorge

Thaís Jorge

Jornalista, sempre em busca de projetos nos quais a comunicação esteja envolvida para agregar e mudar realidades. Acredita que saber ouvir é o primeiro passo para construir novas histórias.

Read More