Depois de publicar nossas indicações de livros e podcasts, encerramos o ano com essa lista das séries favoritas de nossos talentos em 2019! Assim como nos outros posts, trouxemos opções para todos os gostos – tem anime, comédia, ficção científica, drama e série documental.

A maioria das séries indicadas teve temporada nova este ano, mas não todas – decidimos não impor esse critério para não limitar as indicações!

American Gods

Indicada por: Douglas Henrique, desenvolvedor node
Gênero: drama/fantasia

dicas-series-american-gods

Adaptações de livros para o audiovisual nem sempre agradam os fãs do produto original. Mas essa série baseada na obra de Neil Gaiman superou tal barreira e conquistou até os leitores mais puristas. Na trama, a Terra é palco de uma disputa por relevância entre Deuses tradicionais e Deuses modernos – já que o poder de cada um é proporcional aos seguidores que conseguem angariar.

Filmes que Marcam Época

Indicada por: Karina Sanitá, Assistente de Comunicação e Conteúdo
Gênero: documental

dicas-series-filmes-que-marcam-epoca

Essa série é ideal para quem ama cinema e adora saber como as coisas são feitas. Em quatro episódios, descobrimos os bastidores de filmes que fizeram um sucesso avassalador, marcaram a vida de gerações e conquistaram um lugar de prestígio na cultura pop e no cinema. Os episódios são independentes e nos contam as histórias por trás de “Dirty Dancing”, “Esqueceram de Mim”, “Os Caça-Fantasmas” e “Duro de Matar”.

Fleabag

Indicada por: Giuliana Wolf, Líder de Comunicação
Gênero: comédia

dicas-series-fleabag

“Super premiada em 2019, essa produção da Amazon é uma das séries mais divertidas que já vi. A atriz principal é também a autora da série. A história mostra a vida e os dramas da personagem – que está perto dos 30 anos – e de sua família em Londres.”

Killing Eve

Indicada por: Karina Sanitá, Assistente de Comunicação e Conteúdo
Gênero: drama/policial

dicas-series-killing-eve

Killing Eve revigora a velha história de detetive e serial killer graças a seu humor ácido, suas mortes tarantinescas e suas cenas que desafiam os limites do non-sense. As protagonistas interpretadas por Sandra Oh (a adorada Yang, de Grey's Anatomy) e por Jodie Comer incorporam um carisma vilanesco hipnotizante, que é capaz de tornar atraente até a mais petulante e egocêntrica personalidade.

Modern Love

Indicada por: Karina Sanitá, Assistente de Comunicação e Conteúdo
Gênero: romance

dicas-series-modern-love

Modern Love é uma antologia de oito episódios, todos baseados na coluna de mesmo nome do The New York Times. São histórias singelas e reais sobre formas modernas de romance e de relacionamentos, cada uma com cerca de 30 minutos. Justamente pela duração dos episódios, a série não discute em profundidade os temas em que toca – como companheirismo, traição, rotina e amor –, mas os coloca com sutileza e precisão, de forma a deixá-los ecoando em nós mesmo depois dos créditos subirem.

One Punch Man

Indicada por: Douglas Henrique, desenvolvedor node
Gênero: anime/super-herói

dicas-series-one-punch-man

Esse anime adaptado de um mangá homônimo conta a história de Saitama, o super-herói mais forte do mundo que, por falta de concorrência e opositor à altura, vive uma vida de tédio e depressão.

The Handmaid's Tale

Indicada por: Jaqueline Vital, Motion Designer
Gênero: drama/distopia

dicas-series-handmaids-tale

Essa série distópica se passa em um futuro em que os Estados Unidos é governado por um grupo cristão totalitário, que pretende restaurar costumes tradicionais baseados nos preceitos religiosos. Nesse contexto, uma parcela significativa das mulheres se tornou infértil, e todas as que são ainda capazes de engravidar se tornam aias das famílias ligadas ao grupo no comando, obrigadas a gerar os filhos que irão perpetuar a seita no poder.

Westworld

Indicada por: Douglas Henrique, desenvolvedor node
Gênero: drama/ficção científica

dicas-series-westworld

Nessa série da HBO, parques de diversões povoados por andróides idênticos aos humanos servem para que os mais endinheirados vivam outras narrativas e liberem seus desejos e sadismos sem represálias. Temas como o sentido da humanidade e os limites entre realidade e ficção são constantemente trabalhados a partir de um enredo complexo, misterioso e bem amarrado, com personagens instigantes, que se desenvolvem a cada episódio e que nos desafiam a prever seus desfechos incertos.

Years and Years

Indicada por: Eduardo Assis, co-fundador e diretor
Gênero: drama

dicas-series-years-and-years

Essa minissérie é um exercício de futurologia tão palpável que nos deixa afundados no sofá, preocupados não com o próximo século, mas com a próxima semana. Ela se passa entre os anos 2019 e 2034 e constrói tão bem certas questões políticas e culturais que parece ser esse seu único foco. No entanto, logo percebemos que a trama não é só sobre o contexto, mas sobre as pessoas que são, ao mesmo tempo, seu produto e seus produtores. Como disse o Eduardo, que fez a indicação, “A dinâmica é bem bacana, fala sobre essa ascensão da direita pelo mundo e os efeitos das políticas públicas nacionalistas, de restrição de direito, de exclusão das minorias.”

Com essas dicas de séries encerramos nossos posts de indicações – mas só por enquanto. Durante 2020, pretendemos fazer novos conteúdos desse tipo. Para não perder, nos acompanhe nas redes sociais!