3 dicas essenciais para a gestão de pessoas

Carreira 9 de Ago de 2022

As estratégias de gestão de pessoas são cada vez mais importantes no universo profissional, e o mercado de tecnologia e design não é excessão. A lógica é simples: colocar as pessoas no centro dos processos não só eleva o bem-estar ao trabalhar, como, consequentemente, impulsiona a produtividade e os resultados dos negócios.

Logo, adotar práticas de gestão de pessoas ainda contribui com a construção de um bom clima organizacional, com a redução de turnover e com o engajamento dos profissionais.

E isso já foi comprovado: uma pesquisa da Universidade da Califórnia, divulgada pelo portal Exame, afirma que colaboradores felizes são 31% mais produtivos e têm desempenho 27% superior aos colegas insatisfeitos em suas funções. Porém, a realidade do mercado brasileiro é oposta. Em pesquisa da Love Mondays, divulgada pelo portal Mundo RH, 58% dos funcionários entrevistados afirmaram insatisfação com o salário, enquanto 40% observaram problemas nas lideranças e 33% gostariam de trabalhar com carga horária reduzida.

Então, como colocar essas estratégias em prática e alcançar esses benefícios? Pensando nisso, conversamos com o gestor da Área de Pessoas da Caiena, João Paulo Gotardo, para captar dicas essenciais ao construir essas estratégias e melhorar o seu ambiente profissional. Acompanhe as orientações que ele compartilhou sobre gestão de pessoas.

Navegue pelo conteúdo:

Dica 1: mantenha as pessoas na base das estratégias da empresa

Para Gotardo, quando falamos de gestão de pessoas, não existe “receita de bolo”. Muitas variáveis, desde o setor de atuação da empresa, até o contexto social, econômico e político atual, podem impactar nas estratégias.

Todavia, um ponto de partida essencial para realizar a gestão de pessoas é compreender que os talentos – como chamamos as pessoas que atuam na Caiena – são os responsáveis pelos resultados de todos os processos.

“Muitas empresas não têm a cultura de colocar as pessoas no centro dos processos. Então, essa é uma dica inicial, a base de tudo. Devemos ter o ‘cuidado com as pessoas’ presente entre os valores da empresa”, explica Gotardo.

Na Caiena, por exemplo, um dos valores é “ter as pessoas no centro dos processos”. E isso se aplica não só internamente, na gestão de pessoas, como no relacionamento dos talentos com as pessoas de fora também. “Esse valor engloba a empatia, a comunicação, e até mesmo a capacidade analítica”, completa.

Dica 2: saiba comunicar, ouvir e se relacionar

Um segundo passo para realizar uma boa gestão de pessoas é conhecer quem são os indivíduos ao redor. “É importante ter interesse pelas pessoas da equipe, conversar, ter uma comunicação ativa, uma escuta empática e fazer pesquisas qualitativas para avaliar o clima.

Como líder, acho que isso é muito importante, porque fazer a gestão de pessoas é cuidar das pessoas. Então, toda liderança precisa ter essa postura de conhecer, entender possíveis problemas e criar relacionamentos”, aconselha Gotardo.

Dica 3: acompanhe e contribua com o desenvolvimento profissional das pessoas

Após priorizar e conhecer os talentos da organização, é importante acompanhar e incentivar práticas que reflitam no desenvolvimento de cada um. “Estamos falando de profissionais que querem alcançar boas performances, que têm desejos para suas carreiras. Então, pensando na Pirâmide de Maslow, as pessoas possuem necessidades diversas. Mas uma coisa principal e que todo mundo busca na vida profissional e pessoal é conseguir se realizar, criar uma carreira, evoluir”, observa o gestor de pessoas da Caiena.

Portanto, aqui a dica de Gotardo é acompanhar essas jornadas e subsidiar ferramentas e estudos para que os talentos consigam crescer. “Para isso, você precisa gerir os desempenhos, acompanhar e oferecer feedbacks constantes. É importante fornecer condições para que as pessoas evoluam”.

Para completar, ele reforça que a gestão de pessoas é subjetiva. Logo, uma forma de obter respostas objetivas e desenvolver ações assertivas é criar métricas e indicadores que, periodicamente, sejam avaliados e comparados. Na Caiena, por exemplo, realizamos ações de gestão comportamental e autoconhecimento. “Use dados na gestão da pessoa, porque eles mostram os resultados de forma objetiva sobre a satisfação e o engajamento das pessoas”, completa.

Leia também o conteúdo: Conheça o lifelong learning – prática que está entre as competências essenciais do futuro

Dica bônus: invista em feedbacks

Essa é uma prática que deve fazer parte de todos os processos relacionados às dicas anteriores. Dar e receber feedbacks sinceros e sempre atenciosos pode motivar as pessoas e contribuir com a saúde mental dos profissionais, como já falamos em nossas redes sociais.

Na Caiena, acreditamos que a gestão de pessoas eleva o desenvolvimento pessoal e profissional dos talentos, bem como o da empresa. E disso a gente entende! Em 2021, fomos reconhecidos entre os 100 RHs que Inspiram listados pela Gupy, importante plataforma de recrutamento e seleção no Brasil.

Fomos contemplados na categoria Desenvolver, comprovando que todas as iniciativas que realizamos para cuidar dos talentos têm gerado impactos positivos às vidas de nossas pessoas. E se quiser saber mais sobre os resultados da nossa gestão de pessoas, acesse nosso perfil no Glassdoor.

João Paulo Gotardo

Junto com Karina Pilotto

Misture o interesse por histórias com a vontade de conhecer culturas diferentes. Acrescente uma dose de aventura e uma pitada de emoção. Leve ao forno até se formar em Psicologia e Gestão de Pessoas!

LinkedIn icon Instagram icon Facebook icon Twitter icon
Great! You've successfully subscribed.
Great! Next, complete checkout for full access.
Welcome back! You've successfully signed in.
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.