Além do lançamento da nossa plataforma de gestão de aprendizagem, o Weleto - We Learn Together, na maior feira de tecnologia educacional da América Latina, nós conhecemos e tivemos contato com outras iniciativas muito interessantes na Bett Educar 2018. Com 224 expositores, a feira mostrou diversidade ao apresentar desde marcas tradicionais até empresas que estão crescendo na área de educação. Dessa forma, entendemos a relevância dessas iniciativas para contribuir com o desenvolvimento da educação no país.

Assim, nesta publicação listamos cinco empresas que conhecemos na 25ª edição da Feira Bett Educar, as quais apresentaram grandes ideais que valem ser compartilhadas. Confira:

Nuvem 9 Brasil

A Nuvem 9 Brasil é uma empresa especializada em educação socioemocional que atende mais de 600 mil alunos pelo mundo. Eles produzem livros, cartazes e adesivos direcionados para a formação do cárater humano. Os materiais didáticos são voltados para os alunos do Ensino Fundamental I.

Os livros da Nuvem 9 Brasil abordam diversos temas, como integridade, honestidade, cooperação, humildade, entre outros, por meio de histórias que trazem também conhecimentos sobre cultura, história, geografia, etc. Dessa forma, o aluno tem contato com uma formação ética e multiculturalista, exercitando a empatia, o diálogo, a resolução de conflitos e a cooperação.

Mundo Maker

O Mundo Maker é um espaço de aprendizagem criativa que mescla robótica, tecnologias digitais e ferramentas manuais, a exemplo da marcenaria. A partir disso, os estudantes podem construir projetos de diversos graus de complexidade, além de desenvolverem a criatividade, o jovem desenvolvem também pensamento crítico e o espírito empreendedor desde cedo.

A maioria das aulas são direcionadas para crianças e jovens de 6 a 14 anos - no entanto, a empresa também oferece cursos e algumas oficinas para adultos. Durante o aprendizado é possível criar protótipos de robôs, jogos, objetos na impressora 3D e até instrumentos musicais. Todo o processo é feito pelos alunos.

DSOP

A DSOP é uma empresa focada em educação financeira com uma metodologia própria idealizada pelo educador e terapeuta financeiro Dr. Reinaldo Domingos. O nome da escola é formado por siglas e tem um significado bem interessante: diagnosticar, sonhar, orçar e poupar.

Com uma metodologia aplicada a partir dos sonhos de uma pessoa, a DSOP oferece cursos e serviços desde a infância até a idade adulta. Uma das coisas interessantes que vimos no stand da DSOP na Feira Bett Educar foi um livro infantil, 100% ilustrado, que relatava a história de uma criança que gostaria de ter uma balança. Neste livro, é possível acompanhar os passos que o protagonista tomou para alcançar esse objetivo. Muito bacana!

Além de livros e materiais didáticos, é possível até fazer uma pós-graduação em Educação Financeira na DSOP. Mesmo quem não teve contato com esse tema quando mais jovem pode aprender agora e melhorar os hábitos financeiros.

Happy Code

A Happy Code é uma escola de tecnologia e inovação voltada para crianças e adolescentes de 5 a 17 anos. O método de ensino que eles utilizam tem como base o conceito STEM – Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática – que trabalha determinadas disciplinas durante a formação dos alunos, fazendo com que eles lidem melhor com os desafios da era dgital.

A escola tem cerca de 100 unidades espalhadas no Brasil e em Portugal. Há cursos de programação de computadores, robótica, desenvolvimento de games e aplicativos e até produção e edição de vídeos para o Youtube.

Um dos grandes diferenciais da escola está na faixa etária atendida. Com alunos que já nasceram inseridos totalmente no mundo da internet, o ensino de programação e desenvolvimento faz com que eles possam pensar e propor soluções para muitas questões da nossa sociedade.

Clube TED-Ed

Os Clubes TED-Ed chegaram em abril deste ano no Brasil, mas já fazem muito sucesso mundo afora. Esses clubes são projetados para apoiar estudantes de 8 a 18 anos, incentivando os alunos de uma determinada escola a descobrir e explorar ideias em equipe. O objetivo é fazer com que os estudantes pesquisem, desenvolvam e apresentem a própria ideia em uma palestra no estilo TED.

No TED-Ed, os alunos são orientados por um líder da própria escola - e assim, trabalham juntos para discutir ideias e formar os futuros líderes da comunidade. No final do ciclo de seus clubes, os membros gravam as próprias palestra e enviam para o canal do YouTube TED-Ed Clubs.

Gostou das iniciativas listadas aqui? Tem mais alguma que você incluiria nessa lista? Se sim, deixe sua sugestão nos comentários. :)